top of page

9 MAR

Image-empty-state.png

“Música no feminino”

Rute Martins e Ninfas do Lis

Data

9 de março de 2024 às 17:00:00

Classificação Etária

M/6

Local

Igreja do Seminário Diocesano de Leiria

Entrada

Entrada Livre

Programa

Orgão solo,
Passacalha e fuga em dó menor- J. S. Bach (1685-1750)


Coro à Capella
I sing of a maiden that matchless is - Joachim Knoph (1979- )

Lift thine eyes - Felix Mendelssohn-Bartholdy, 1809-1847

O Regem coeli -Tomás Luís de Vitória, 1548-1611


Coro e Órgão
Messe Basse (Gabriel Fauré, 1809-1847)

Laudate pueri (Felix Mendelssohn-Bartholdy, 1809-1847)

Ficha Artística e Técnica

Coro Ninfas do Lis, Direção Mário Nascimento
Rute Martins, órgão
Órgão (1965, Itália): Ruffatti

Biografia

O Coro Ninfas do Lis (CNL) é um grupo feminino de Leiria, que nasceu em 2003, atualmente constituído por trinta coralistas, dirigidas por Mário Nascimento e acompanhadas ao piano por Inês Costa.
Do eclético repertório do coro constam peças de música sacra e secular, erudita e popular, portuguesas e de diversas partes do mundo, percorrendo uma grande diversidade de períodos históricos, desde a música renascentista à música dos nossos dias.
Ao longo de 20 anos, o Coro Ninfas do Lis conta com atuações em inúmeros locais icónicos, tais como o Castelo de Leiria, a Casa da Música do Porto, o Museu do Azulejo (Lisboa), o Convento de Cristo (Tomar) e o Mosteiro da Batalha. Entre outros prémios, em 2017, no 1º Festival Internacional de Coros de Aveiro, recebeu o 1º prémio nas categorias de Coro Feminino, Música Folclórica e Música Pop/Jazz e ainda o 1º prémio na Final do Concurso. Ao longo do seu percurso editou cinco CDs, tendo lançado o último - "Itinerantur" - em maio de 2023.



Rute Martins iniciou os seus estudos musicais no Instituto Gregoriano de Lisboa em 1987, data em que começa a estudar Órgão sob a orientação do Professor Antoine Sibertin Blanc. Mais tarde, ingressa na Escola Superior de Música de Lisboa, terminando a Licenciatura em Órgão no ano de 1999, sob a orientação do mesmo Professor. Para além da atividade de Docente, tem realizado vários recitais a solo e com outras formações instrumentais, nomeadamente no "Festival de Música em Leiria" em 1999, onde foi estreada a obra "laudate dominum", para Coro, Órgão e fita magnética, do compositor Pedro Rocha. Para além dos concertos realizados no País, mais concretamente nos Açores, no Festival Internacional de Música de Santarém e nos concertos Non Stop na Sé de Lisboa. Ministrou os Cursos das Semanas Gregorianas nos anos de 1999 e 2000. É Docente na Classe de Órgão do Conservatório de Artes do Orfeão de Leiria e da Escola de Artes SAMP. É Organista na Igreja Evangélica Alemã de Lisboa e integra o grupo de música de câmara, Liz Consort.

bottom of page